Só copiar não adianta, diz professor; Veja dicas para fazer um bom resumo

Só copiar não adianta, diz professor; Veja dicas para fazer um bom resumo

O resumo é uma técnica que ajuda na compreensão e na interpretação de textos e livros e, consequentemente, serve como auxílio no aprendizado.

No entanto, os especialistas fazem uma ressalva: não se deve apenas copiar os tópicos mais relevantes, sem tentar compreendê-los.

“Muitas vezes, as pessoas têm a ideia de que o resumo é apenas copiar passagens do livro ou do texto, como uma mera diminuição do tamanho do texto. A simples cópia não garante a compreensão“, afirmou o professor Francisco de Assis Assunção, que leciona português no colégio Pitágoras, em Belo Horizonte.

Para ele, o resumo pode ser um aliado no aprendizado. “Se o aluno é bem orientando para selecionar as informações e tem autonomia para usar as suas próprias palavras para fazê-lo, e não fazer uma mera cópia, eu acho que é uma técnica válida”, diz.

Juliana Romagnoli, professora de português e redação no Colégio Marista Dom Silvério, também situado na capital mineira, disse que o resumo permite ao alunocompilar informações mais relevantes de um texto.

“O resumo é um gênero textual interessante para a otimização de estudos e pesquisas, uma vez que permite ao estudante reconhecer a importância das técnicas de fichamento, com particular atenção à elaboração de tópicos esquemáticos e conceituais, de modo a sintetizar aspectos significativos de um texto” afirmou.

Para Daniella Lopes Dias Ignácio Rodrigues, integrante do programa de pós-graduação da PUC-MG (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais), o resumo permite ao estudante entender todas as fases de um texto.

“O registro da leitura de um dado texto por meio do resumo pode permite ao leitor compreendê-lo em toda sua plenitude: como o texto inicia-se, como desenvolve-se e como termina; no caso dos textos argumentativos, por exemplo, é possível perceber quais as teses defendidas pelo autor quais argumentos ele apresenta a favor de sua proposição” disse.

 

Dicas para se fazer um bom resumo:
  • Eduardo Anizelli/Folha Imagem
    1 – O estudante deve, mentalmente e após ter lido o texto que será resumido, fazer perguntas, como:

    A) o que está sendo dito/explicado/comentado? B) Quais relações estão sendo estabelecidas? C) Qual é o problema central levantado pelo autor?Foto: Eduardo Anizelli/Folha Imagem

  • Página 3
    2 – Se for resumo de um texto:

    - selecionar (marcar) as informações mais relevantes de cada parágrafo com base nas perguntas feitas a si mesmoFoto: Página 3

  • Leonardo Soares/UOL
    3 – Se o resumo for de um livro:

    - selecionar as informações mais relevantes de cada capítulo com base nas perguntas feitas a si mesmoFoto: Leonardo Soares/UOL

  • Alexandre Rezende/Folhapress
    4 – Após a seleção, interpretar e escrever com as próprias palavras o que entendeu (não fazer cópia simplesmente) das ideias mais relevantes (que foram marcadas)

    Foto: Alexandre Rezende/Folhapress

  • Reprodução/tonybuzan
    5 – Produzir tópicos esquemáticos com a própria elaboração de ideias

    Foto: Reprodução/tonybuzan

 

Diferença entre resumo e resenha

Daniella Rodrigues aponta, de maneira geral, como uma diferença básica entre as técnicas de resumo e resenha: a opinião. O primeiro, diz, tem como característica a síntese de um “texto-fonte’, sem a presença de comentários avaliativos do autor do resumo. Já a resenha tem como objetivo principal uma avaliação crítica do objeto resenhado, ou seja, é um texto opinativo.

A professora Juliana Romagnoli destaca ainda que o resumo é mais adequado para estudar. “Para estudos e pesquisas, em que se privilegia a apreensão de informação em detrimento da opinião, o resumo é bem mais adequado do que a resenha”, disse.

Fonte: UOL Educação